Habitar Portugal
Escola Básica Francisco de Arruda (Lisboa)
José Neves
Memória descritiva
A escola original organizava-se à volta de um pátio, em três plataformas modeladas sobre a encosta da Tapada.
Os edifícios existentes recuperaram-se e tomaram-se como se tivessem sido construídos em tempos diferentes, fazendo um bocadinho de cidade. O nosso projecto continua serenamente esse processo.
O pátio completa-se com um corpo que oferece uma galeria de encontro e estadia com nova entrada da escola e que contém a biblioteca e os laboratórios.
Entre o ginásio existente e o novo campo desportivo coberto constroem-se, enterrados, os balneários.
O átrio principal original, nunca utilizado, é agora átrio de um pequeno salão desenhado como pavilhão de jardim.
Nos espaços exteriores sublinha-se a continuidade da Tapada através de novas plantações, enfatizando o sentido de jardim público do conjunto.
Uma frase de João dos Santos serviu de estímulo maior para o projecto:
“Se não tens uma aldeia, meu filho, tens de ir em busca dela! Um menino não pode viver sem ter a sua aldeia.”
Desenhos
Planta de implantação
© -
Planta piso 1
© -
Planta piso 2
© -
Planta piso 3
© -
Planta piso 4
© -
Cortes e alçados
© -
Detalhe construtivo
© -
Esquisso de projecto. Corte transversal pelo novo edifício principal.
© José Neves
Esquisso de projecto.
© José Neves
Imagens
As portadas laterais das grandes janelas
© Laura Castro Caldas e Paulo Cintra
O pátio visto a partir do novo coberto de entrada.
© Laura Castro Caldas e Paulo Cintra
O contorno do pátio existente foi completado com um novo edifício
© Laura Castro Caldas e Paulo Cintra
O novo átrio. Os envidraçados e as pontes voltam-se para o pátio e o jardim.
© Laura Castro Caldas e Paulo Cintra
O novo átrio da escola é uma sala de circulação e estadia, de brincadeira e estudo.
© Laura Castro Caldas e Paulo Cintra
Vista do novo salão nobre no lugar para onde se tinha projectado originalmente a entrada da escola.
© João Morgado
Alçado Nascente. A biblioteca situa-se no piso térreo e os laboratórios no piso superior.
© Laura Castro Caldas e Paulo Cintra
Vista do novo campo desportivo coberto, a partir do antigo Pátio das Caravelas.
© Laura Castro Caldas e Paulo Cintra
Perspectiva do conjunto do projecto original
© -
Ficha técnica
Autores: José Neves
Co-autores: -
Colaboradores: Ana Belo, André Matos, Filipe Cameira, Martim Enes Dias, Nuno Florêncio, Rui Sousa Pinto, Steven Evans, Vitor Quaresma, João Pernão, Maria Capelo (consultores de cor)
Projectos especialidade: Arquitectura Paisagista:
F|C - Catarina Assis Pacheco e Filipa Cardoso de Menezes, arquitectas paisagistas
Fundações e Estruturas:
BETAR - Miguel Villar, engenheiro
Instalações Eléctricas:
SM & LM - António Lacerda Moreira, engenheiro
Instalações AVAC:
PEN - Luís Andrade, engenheiro
Segurança Contra Riscos de Incêndio:
António Portugal, arquitecto
Redes de Águas e Esgotos:
BETAR - Maria do Carmo Vieira, engenheira
Rede de Gás:
Augusto Teixeira, engenheiro
Certificação Energética:
NATURAL WORKS - Guilherme Carrilho da Graça, engenheiro
Condicionamentos Acústicos:
CERTIPROJECTO - António Dias, engenheiro
Localização: Calçada da Tapada 152, 1349-048 Lisboa